“Agência americana aprova uso limitado da cloroquina para tratamento da Covid-19

0
ARQUIVOS) Nesta foto de arquivo tirada em 26 de fevereiro de 2020, uma equipe médica mostra no Instituto de Infecção IHU Mediterranee em Marselha pacotes de Nivaquine, comprimidos contendo cloroquina e Plaqueril, comprimidos contendo hidroxicloroquina, medicamentos que mostraram sinais de eficácia contra o coronavírus. - Em 29 de março de 2020, uma autorização limitada de uso de emergência para dois medicamentos antimaláricos anunciada pelo presidente Donald Trump como trocador de jogos foi emitida pela Food and Drug Administration dos EUA para tratar pacientes com coronavírus. Em uma declaração publicada domingo, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA detalhou doações recentes de medicamentos a um estoque nacional - incluindo cloroquina e hidroxicloroquina, ambos sendo investigados como possíveis tratamentos com COVID-19. (Foto de GERARD JULIEN / AFP)

“A Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos, conhecida pela sigla FDA, emitiu neste domingo (29) uma autorização de uso emergencial e limitado de hidroxicloroquina e cloroquina para o tratamento do novo coronavírus. Esses remédios são usados há décadas contra a malária.

A agência permitiu que os medicamentos fossem “doados ao Estoque Nacional Estratégico para serem distribuídos e prescritos pelos médicos para pacientes adolescentes e adultos hospitalizados com Covid-19, conforme apropriado, quando um ensaio clínico não estiver disponível ou viável”, informou o Departamento de Saúde dos EUA. A companhia farmacêutica Sandoz doou 30 milhões de doses de hidroxicloroquina ao estoque e a Bayer doou 1 milhão de doses de cloroquina.

O próprio departamento de Saúde americano, porém, salientou que ainda não há tratamentos aprovados para a Covid-19. Relatos sugerem que a hidroxicloroquina e a cloroquina podem oferecer algum benefício no tratamento de pacientes hospitalizados, mas “são necessários ensaios clínicos para fornecer evidências científicas de que esses tratamentos são eficazes”.”
Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/fda-aprova-uso-limitado-cloroquina-para-tratamento-covid-19/
Copyright © 2020, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

“VEJA TAMBÉM:
Hidroxicloroquina: tudo sobre o remédio que promete tratar a Covid-19
Homem morre depois de tomar produto de limpeza com substância similar à cloroquina
Alguns cientistas estão céticos em relação a este esforço do governo americano, argumentando que faltam dados sobre a eficácia dos dois medicamentos no tratamento de coronavírus. Nos EUA, a agência de pesquisa biomédica americana e a Autoridade de Pesquisa e Desenvolvimento Biomédico Avançado estão trabalhando em testes clínicos com os medicamentos.

Há dois dias a hidroxicloroquina está sendo administrada a 1.100 pacientes em Nova York, junto com outro medicamento chamado azitromicina, disse o presidente Donald Trump neste domingo (29).

O Departamento de Saúde dos EUA espera que as doações das empresas farmacêuticas ajudem a aliviar as pressões de suprimento dos medicamentos. A pasta informou que a FDA está trabalhando com fabricantes de cloroquina e hidroxicloroquina para aumentar a produção e garantir que esses medicamentos também permaneçam disponíveis para pacientes que fazem tratamento da malária, lúpus e artrite reumatóide.

No Brasil, em 21 de março, o Ministério da Saúde autorizou o uso experimental da cloroquina em pacientes graves de Covid-19 internados em alguns serviços de São Paulo.

Coronavírus sem barreiras”
Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/fda-aprova-uso-limitado-cloroquina-para-tratamento-covid-19/
Copyright © 2020, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados

Fonte: gazetadopovo.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui