Camaçari assina termo de compromisso para receber material de coleta de óleo nas praias

0

A Prefeitura de Camaçari continua mantendo uma agenda preventiva para garantia de equipamentos de proteção e recursos que permitam uma resposta rápida em caso de novas ocorrência de manchas de óleo no litoral do município. Nesta quarta-feira (6/11), o secretário de Turismo, Gilvan Souza, assinou, na sede do FIEB, o Termo de Compromisso para a doação de  600 baldes e de mil caixas plásticas com capacidade de 40 litros, que vão apoiar na coleta das manchas de petróleo e resíduos das praias. O ato contou com a presença de representantes da Marinha, do Ibama e das prefeituras de Salvador e Lauro de Freitas.

Foto: Ascom/PMC

O material foi disponibilizado pelo Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado da Bahia (Sindiplasba), que mobilizou as empresas do setor. A doação foi oficializada na presença do presidente da FIEB, Ricardo Alban, e do presidente do Sindiplasba, Luiz Oliveira, tendo como objetivo apoiar o trabalho que vem sendo realizado pelos órgãos públicos e voluntários para minimizar o impacto do vazamento de óleo que vem atingindo as praias baianas.

Com o material, é possível coletar de 40 a 100 toneladas por dia, a depender do número de reutilização dos recipientes. As caixas são mais seguras e manipuláveis por uma só pessoa, podendo ser empilhadas quando cheias, ou encaixáveis quando vazias. De acordo com o presidente do Sindiplasba, inicialmente o material será distribuído em Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari, os três municípios onde estão sediadas a grande parte das cerca de 220 indústrias plásticas. Em seguida, segue para outros municípios que necessitem do recurso.

Para o secretário de Turismo de Camaçari, mesmo com a situação de estabilidade em algumas praias do Estado, o momento é de planejamento e alinhamento das operações para garantir uma resposta rápida e a montagem de uma frente de trabalho com segurança para os agentes de limpeza e voluntários. “Os tomadores de decisão de cada município precisam seguir o exemplo de Camaçari, de continuar se preparando para o gerenciamento do incidente e de compartilhar a responsabilidade social com outros atores que já entenderam a dimensão do impacto social, ambiental e econômico”, declara Gilvan.

O município de Camaçari está atuando seguindo um plano de trabalho formado pelo prefeito Elinaldo Araújo, envolvendo as secretarias de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), Turismo (Setur) e Defesa Civil. Além da limpeza nas praias, o grupo é responsável pela interlocução com órgãos ambientais, Estado e municípios da Costa dos Coqueiros.

ASCOM/PMC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui