Compromisso com a aprendizagem marca os quatro anos de gestão

0
Foto:Ascom/PMC

O compromisso com a aprendizagem das crianças e jovens de Camaçari foi comprovado nos últimos quatro anos da gestão municipal. Para dar melhores condições e oportunidades aos estudantes, a Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Educação (Seduc), desenvolveu uma série de ações que vão desde a entrega de material escolar, formação dos servidores e desenvolvimento de atividades extracurriculares.

No período, foi instituído o Mais e Melhor Educação, com expectativa de possibilitar que as crianças aprendam na idade certa, a ler e escrever, e que deem conta de todas as aprendizagens previstas. O programa municipal envolveu a entrega de alimentação escolar de qualidade, distribuição de kits escolares, fardamento e material didático, além da inclusão de novas tecnologias.

Nos últimos anos, os cerca de 35 mil alunos, das 102 escolas e 11 creches comunitárias conveniadas da rede iniciaram o período letivo com todos os materiais necessários para realizar as atividades, como cadernos, lápis, caneta, lápis de cor, cola e tesoura. O kit volta às aulas foi entregue aos estudantes das séries da Educação Infantil, Fundamental I e II, e Educação de Jovens e Adultos (EJA), que este ano foi incrementado com o kit chuva.

A cada ano os investimentos para a compra dos materiais foram crescendo, em 2017 foram gastos, R$ 550 mil, seguidos de R$ 3,6 milhões, em 2018, e de R$ 7 milhões, em 2019. Este ano, para as compras dos kits escolares, mochilas, tênis e papetes, fardamento e kit chuva, foram aplicados cerca de R$ 8,3 milhões.

Na alimentação escolar foi priorizado itens com mais qualidade, como a exclusão de açúcar branco e a inclusão do demerara para toda a rede, e houve a ampliação da compra de produtos naturais, como frutas e verduras, oriundos da agricultura familiar local. A pasta ainda está inserindo a alimentação diferenciada para alunos alérgicos ou intolerantes.

Para proporcionar aos estudantes um engajamento com a arte, foi implantado o projeto Mais Música na Escola, com o qual foi firmado um Termo de Compromisso com sete instituições musicais. A iniciativa promoveu a aprendizagem de música, bem como a apreciação de apresentações musicais.

Nos quatro anos, para mostrar aos estudantes as oportunidades disponíveis no município na área do ensino superior, foi realizada a Jornada Universitária, de forma presencial nos três primeiros e virtual em 2020. O evento reuniu milhares de estudantes na participação de diversas atividades.

Mesmo em tempo de pandemia, a Seduc continua investindo na educação e criou o projeto, de caráter temporário, Mais e Melhor Educação: em Casa, que disponibiliza atividades significativas e contextualizadas. A iniciativa inclui ainda o Vale Merenda com a oferta de ticket no valor de R$45, este é um investimento de recursos próprios de mais de R$ 1,57 milhão por mês, que até dezembro soma cerca de R$ 14,1 milhões.

Os estudantes da rede receberam ainda materiais didáticos, com livros do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD) e os módulos do Programa Educar pra Valer, além de livros do Aprova Brasil, que contou com o investimento de quase R$ 3 milhões.

Para que a aprendizagem dos estudantes fosse otimizada, a Seduc aderiu a iniciativas já reconhecidas. Uma delas foi o projeto Google for Education, para fazer uso da plataforma G-Suite for Education, que compreende um conjunto de aplicativos capazes de promover a integração entre tecnologias digitais e a educação. Para isso, a prefeitura adquiriu cerca de 4 mil chromebooks (computadores portáteis) para as unidades escolares, que somaram um investimento de mais de R$ 6,2 milhões.

Após passar por uma seleção, Camaçari foi escolhida para participar do Programa Educar pra Valer, que tem como propósito o assessoramento técnico gratuito de apoio na implementação de boas práticas de gestão, com o objetivo de melhorar o rendimento e desempenho dos alunos. A expectativa é que, com um trabalho de quatro anos, consiga: consolidar o aprendizado da alfabetização até os sete anos, reduzir a reprovação e a repetência, eliminar o abandono escolar, dentre outros.

Ascom/PMC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui