Cruéis Tentadores lançam Instagram Coletivo com artistas brasileiros pelo mundo

0
Foto: Divulgação

Com o projeto A Arte Anda, coletivo artístico fundado em 2005, em Salvador, propõe uma nova ideia de uso da rede social, de maneira compartilhada

Quebrar um pouco a sensação de propriedade e crédito dentro das redes sociais e do próprio fazer artístico em tempos de Pandemia, saindo de nichos específicos e ampliando diálogos. Essa é a proposta de lançamento do Instagram do Coletivo Cruéis Tentadores, que passa a funcionar a partir de agosto de 2020, com o projeto A Arte Anda.

A intelectualidade e criatividade de cada artista se mostrarão de forma única e imprevisível, em um conceito realmente coletivo de desprendimento das redes sociais. Mais que uma ocupação de uma única pessoa, o movimento e conteúdo do instagram @crueistentadores se dará através do compartilhamento constante da rede social.

Para abrir o processo, os idealizadores Tatiane Carcanhollo e Marcelo Sousa Brito – que assinam a ideia inicial – criam o instagram e são responsáveis pelas primeiras duas postagens, explicando um pouco o conceito e já convidando um novo artista, de qualquer área, que seja brasileiro e esteja produzindo fora de sua localidade natal, explorando outros espaços e percepções. Em seguida, já a participação de Marcos Nery, baiano que hoje reside em Montreal, no Canadá, finalizando seu doutorado relacionado a técnicas corporais e artes circenses, que já providenciou um novo convidado.

Assim, A Arte Anda, já que o e-mail e a senha desta conta são passados a cada convidado, que fica responsável por chamar seu próprio convidado e continuar o movimento, sem a interferência dos membros fixos do coletivo, fazendo circular o compartilhamento de experiências dentro de um roteiro proposto para apresentação de seus trabalhos, em postagens únicas.

O tempo e o processo abertos dirão as novas possibilidades desta rede. “Ela pode acabar, alguém pode fechar a conta, ela pode ser reiniciada, começar com um novo roteiro, ganhar novas interpretações, leituras, alguém pode se apropriar dela, não temos uma dimensão fixa do que vai acontecer e achamos que esta impermanência possibilita uma nova forma de ver conteúdos e dialogar com estas novas tendências que surgem no fazer artístico” – explicam os idealizadores, que pretendem também, através destes contatos, conversar com novos criadores desconhecidos de sua rede principal, em bate-papos curtos no IGTV.

Na Foto a jornalista, atriz e diretora Tatiane Carcanhollo

Fundado em 2004, pelo diretor, ator e pesquisador Marcelo Sousa Brito, com a jornalista, atriz e diretora Tatiane Carcanhollo e a vídeo maker Gabriela Leite, em parceria com diversos artistas de Salvador, o Coletivo Cruéis Tentadores se intitula como uma experiência cênica aberta. Cada trabalho representa a presença de novos atores, dançarinos, arquitetos, cenógrafos, engenheiros, transformistas, músicos, figurinistas, pesquisadores, que de forma geral ajudam e pedem ajuda na hora de compor um produto cênico, com interesse especial na criação de novos espaços nesta arte. O último trabalho MAL INVISÍVEL estreou em outubro, no Teatro Vila Velha.

Serviço:

Lançamento do instagram coletivo Cruéis Tentadotes

Data: agosto 2020

Local: @crueistentadores

Informações: (71- 98823-2787 Marcelo / 71 99274 0136 Tatiane)

https://www.facebook.com/crueis.tentadores

Realização: Coletivo Cruéis Tentadores

Por: Tatiane Carcanholo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui