Curso prepara ambulantes e baianas de acarajé para o verão

0
Curso prepara ambulantes e baianas de acarajé para o verão. Curso prepara ambulantes e baianas de acarajé para o verão. Foto: ASCOM/PMC

Com três dias destinados ao investimento em conhecimento, a fim de aprimorar a alavancar os negócios, teve início na tarde desta quarta-feira (27/10), a 7ª turma do curso de empreendedorismo para profissionais que atuam como ambulantes e baianas de acarajé em Monte Gordo/Guarajuba. Esta edição, que segue até o dia 29 de outubro, reuniu dezenas de trabalhadores e aconteceu em Guarajuba. A iniciativa da capacitação faz parte de uma ação conjunta entre as secretarias dos Serviços Públicos (Sesp) e do Turismo (Setur), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O trabalho segue o projeto Trilha da Economia da Praia iniciado em Jauá, no fim de setembro, e percorrerá toda a costa de Camaçari. Nesta quarta-feira, a aula ministrada pelo economista e administrador de empresas, Osvaldo Santana, abordou a temática atendimento ao cliente, com foco ao trato e ao comportamento diante do freguês; além de controle financeiro; higiene; e manipulação de alimentos.

Namucies Souza, chefe da Diretoria de Ordem Pública (Dirop), órgão vinculado à Sesp. Foto: ASCOM/PMC

Cada dia do curso terá duração de 4h, com início às 13h30 e término às 17h30. De acordo com Namucies Souza, chefe da Diretoria de Ordem Pública (Dirop), órgão vinculado à Sesp, a licença dos profissionais para atuar como ambulante ou baiana de acarajé está condicionada à participação integral no curso.

“Iniciamos com a capacitação dos ambulantes que atuam diretamente nas praias, com orientação que vai do atendimento até a estratégia de venda. O retorno tem sido positivo e os ambulantes têm nos parabenizado pela iniciativa”, disse Namucies ao acrescentar que Monte Gordo/Guarajuba segue com mais duas turmas (8 e 9) de capacitação.

Ainda segundo o gestor da Dirop, todo profissional que passou pelo recadastramento, que ocorreu entre os dias 18 e 23 de outubro deste ano, deve submeter-se ao curso para obter a autorização para atuar, além do recebimento de colete e crachá. 

Atenta a todas as informações ditas pelo professor, a baiana de acarajé Genivalda de Santana explicou que desenvolve a atividade há 10 anos e que mesmo assim acha importante aprender mais. “Eu faço o meu melhor e já tenho uma clientela fiel ao meu quitute, mas mesmo assim eu vim, porque achei importante. E com certeza vou colocar em prática tudo o que eu aprender aqui”, disse.

Quem também estava atento foi o vendedor ambulante de óculos de sol, Agnaldo Sampaio, que explicou como ficou sabendo da capacitação. “A equipe da Sesp me ligou e falou do curso. Como precisamos aprender a cada dia e como também desejo melhorar o meu serviço, não pensei duas vezes em participar”, contou.

A principal meta da ação é levar mais qualidade ao serviço prestado pelos trabalhadores. Desse modo, a secretária da Setur, Cristiane Bacelar, fez questão de dar as boas-vindas ao grupo. “Passamos por um momento muito delicado e crítico da pandemia e muitos profissionais foram afetados. Com a liberação das atividades públicas estamos com a esperança de que esse verão seja atípico e um momento para que os vendedores recuperem o tempo em que não puderam trabalhar e tiveram alguns prejuízos. Então esse curso é para aprimorar o serviço ofertado e assim aumentar a capacidade de ganho”, disse a gestora ao desejar que todos “sejam prósperos nesse verão”.

As capacitações já foram ministradas nas localidades de Jauá e Arembepe. A próxima a ser contemplada com o curso é Barra do Jacuípe.

ASCOM/PMC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui