Defesa Civil recebe treinamento para atendimento em casos de afogamento

0

Mais de 40 profissionais, entre agentes da Defesa Civil e guarda-vidas do município, além de agentes convidados das cidades de Simões Filho e Salvador, participaram, na manhã desta terça-feira (4/6), na Cidade do Saber, do treinamento sobre suporte básico de vida, primeiros socorros e atendimento ao afogado, ministrado pela Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa).

A capacitação começou às 8h e encerra às 17h, e trará em sua programação orientações teóricas e práticas, com abordagens sobre o Manual de Atendimento ao Afogado da Sobrasa, cadeia de sobrevivência, graus de afogamento e atendimento, Parada Cardiorrespiratória (PCR) por afogamento, tratamento em água doce e salgada, além de oficina de atendimento ao afogado nos seis graus de afogamento.

Foto: Tiago Pacheco

O secretário do Governo, José Gama Neves, fez questão de participar da abertura e na ocasião falou da importância em qualificar a equipe da Defesa Civil e do papel que o órgão exerce, sempre acionado em situações de urgência e emergência. “Agradeço a parceria da Sobrasa, pois essa qualificação é enriquecedora e vai somar muito no dia a dia dos nossos profissionais que vão estar mais preparados para atender às necessidades da população, proporcionando mais segurança aos cidadãos. Afinal, com vida não se brinca”, disse o gestor.

O coordenador da Defesa Civil, Ivanaldo Soares, ressaltou e agradeceu o empenho do governo em investir e promover ações de aperfeiçoamento do quadro de colaboradores do órgão. “O aprimoramento do nosso quadro de pessoal tem sido uma constante. Já participamos de qualificação sobre primeiros socorros e de combate a incêndio, ambos promovidos pelo Corpo de Bombeiros Militar. Ainda no viés dos procedimentos de assistência médica de urgência, os servidores também foram treinados por técnicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência [Samu]”, enumerou Ivanaldo.

O responsável pela Defesa Civil lembrou ainda que já está em processo de agendamento junto à Polícia Militar de Proteção Ambiental uma capacitação de apicultura, ensinando o trabalho e manejo de abelhas, que permitirá aos agentes executar, de forma segura, a retirada de colmeias em locais inadequados e de grande circulação de pessoas. “Inclusive estamos estudando a possibilidade de implantar um apiário municipal onde essas colmeias serão alocadas e o mel produzido poderá ser utilizado pela Secretaria da Educação na alimentação escolar. Recebemos de três a quatro chamados por dia para retirada de abelhas”, finalizou Ivanaldo.

Foto: Tiago Pacheco

Instrutor da Sobrasa no Nordeste, Luiz Claudio de Santana, também é supervisor do grupo de Salvamento Aquático do município. Para ele, a capacitação vai ajudar os agentes a identificarem quando atuar e de que forma agir em casos de afogamento. “Com o auxílio da Defesa Civil, o resultado dos salvamentos feitos pelos guarda-vidas serão mais efetivos e com isso esperamos reduzir o número de mortes”, explicou Luiz, ao citar os avanços que o município deu nos últimos anos da gestão, saltando de 38 salva-vidas para 50, o que possibilitou o aumento do número de posto instalados na Costa de Camaçari, que saltou de 15 para 20, além de um móvel que dá suporte aos demais.

O grupo de salvamento conta ainda com pranchas de longboard, macas de imobilização completa, três viaturas de apoio, e um Jet ski com maca flutuante destinado à equipe náutica, que atua em Barra do Jacuípe.

ASCOM/PMC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui