Fenômeno da internet, “Delegado da Cunha” é afastado e responde a Processo Administrativo Disciplinar.

0
Foto: Reprodução

A Polícia Civil de São Paulo decidiu afastar das ruas o delegado Carlos Alberto da Cunha, conhecido como Delegado da Cunha nas redes sociais. Em perfis no YouTube, Instagram e Facebook, ele conta com milhões de seguidores por publicar vídeos que mostram sua rotina de abordagens, prisões e incursões em favelas.

Além de ser despachado para o serviço burocrático, o policial foi obrigado a entregar todos os pertences da instituição que estavam em sua posse, como armas, algemas e distintivo.

O afastamento e recolhimento das armas foram determinados pelo Delegado Geral de Polícia, Ruy Ferraz Pontes, na última sexta-feira (23). A decisão ocorre após procedimento administrativo disciplinar aberto contra Cunha após ele participar de uma entrevista em um canal no YouTube, onde teria o policial teria utilizado “linguagem inadequada e comentários depreciativos à imagem institucional”.

O documento relata que, durante o podcast Flow Podcast, Cunha chamou policiais civis com mais de 55 anos de “ratos” e “raposonas”, o que causou indignação entre seus colegas.

O relatório que pediu o afastamento atribui “gravidade” à conduta de Cunha. Aponta ainda que ele tem grau de “periculosidade interna”, por prejudicar a organização policial e o serviço público, e de “periculosidade externa”, por comprometer a imagem e credibilidade da Polícia Civil.

Fonte: Site do UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui