Fundação Eco-educativa Fred Dantas recupera e edita partituras de mestre baiano de filarmônicas

0

12 jovens alunos da Fundação Eco-educativa Fred Dantas, que fica em Barra do Pojuca, em Camaçari, já estão debruçados a examinar com muito cuidado o conjunto de partituras do mestre de filarmônica e ferroviário Isaías Gonçalves Amy (1888-1960) para que em breve, após revisão, elas possam ser editadas e disponibilizadas publicamente, o que vai possibilitar tanto o resgate do trabalho deste importante mestre, quanto dar renda para os jovens atendidos pela fundação que estão com suas atividades  musicais interrompidas por conta da pandemia.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

O grupo de estudantes está trabalhando sob a coordenação do maestro Fred Dantas, do professor Cayo Brito, maestro da Filarmônica Ambiental e de Liriana Batista, coordenadora do Projeto Social Escola Ambiental. Estão sendo separadas 45 obras de Isaías Gonçalves Amy e 13 delas serão revistas, editadas e divulgadas.

Essas músicas fazem parte do Arquivo Deraldo Portela, um conjunto de 282 composições manuscritas para banda filarmônica, feitas por mestres de música notáveis, parte deles ferroviários da Viação Leste Brasileiro, que se encontra sob a guarda da Fundação Eco-Educativa Fred Dantas.

Entre os músicos da Filarmônica Ambiental que estão examinando e catalogando as partituras com supervisão do maestro Fred Dantas estão  Liriana Batista, Jefferson de Jesus e Rafaela Freitas (que tocam clarineta), Weik Raylan Ferreira e Beatriz Celestiano (alunos de sax alto), Vinicius Amâncio (que toca trompete), Pedro Mariano (toca trombone), Moisés Costa (músico de bombardino), Enzo Coelho e Edvanildo Jr (Percussão). Todos eles estão tendo uma experiência inédita de manusear, catalogar por instrumentos, verificar quais os instrumentos faltantes no arranjo e o estado físico dos papéis de partitura.

No decorrer do trabalho, com a participação do digitador musical William Alexandria, os alunos vão preencher uma série de planilhas, onde será descrito o estado físico dos originais e a possível ausência de instrumentos, que devem ser completados pelo revisor.  Com os modernos programas de edição musical, além de fornecer as partituras de forma ideal para serem executadas com os devidos instrumentos, ainda será possível, com sons sintetizados, ouvir a composição de forma imediata, antes de uma possível  execução humana.

Isaias Gonçalves Amy, como ferroviário, regeu bandas de música existentes em cidades onde trabalhou na ferrovia: Senhor do Bonfim (União dos Ferroviários Bonfinenses), Juazeiro (Filarmônica Apolo Juazeirense), e Alagoinhas (Euterpe Alagoinhense), onde se fixou.

O projeto Isaias Gonçalves Amy, o mestre ferroviário, tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Pedro Calmon, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

As músicas:

O exame de títulos e autoria das partituras dentre o conjunto do arquivo já havia sido feito previamente, revelando as seguintes obras. Em negrito, as músicas escolhidas para serem editadas:

1 – Fantasia 7 Palavras

2 – Dobrado Almir Dias de Carvalho

3 – Valsa Professora Dalva

4 – Dobrado Juazeiro    

5 – Dobrado Presidente João Ramos

6 – Marcha (Nº8) N.S. do Rosário

7 – Fantasia Parabéns a Você

8 – Dobrado 4 de Fevereiro

9 –  Valsa Maria Ramos

10  – Cavatina A Voz do Momento

11 – Dobrado Archias Reis

12 – Samba Não Acho Jeito

13 – Marcha-Frevo Nº7

14 – Marcha-Frevo Nº8

15 – Dobrado Eustáquio Souza                            

16 – Dobrado Francisco Nunes dos Santos

17 – Valsa “Isabel Cristina”     

18 – Dobrado Nº 68 (54)

19 – Valsa (59)

20 – Dobrado Presidente Clovis (65)

21 – Dobrado Agenor Souza (72)

22 – Dobrado Nº 5 (92)

23 – Fox Depois do Carnaval

24 – Maxixe

25 – Aria a Trombone

26 – Polaca Nº4

27 – Valsa “Madame Alain Melo”     

28 –  Tuada no Sertão

29 – Marcha-frevo nº 9

30 –  Dobrado Deputado Alain Melo

31 – Polaca nº 8

32 – Polaca nº 9

33 – Bolero Rosa de Maio

34 –  Samba “Os Barnabés”                                              

35 – Baião Meu Pinhão                                                      

36 – Samba “Vai Furando”                                                

37 – Samba “Agüenta Firme”

38 – Samba Os piratas

39 – Marcha-frevo nº 11

40 – fox Aventureiro

41 – sem título

42 – Bolero O Trombone e Você                          

43 – Bolero “Começo de Vida”                  

44 – Polaca Annita Garcia       

45 – Marcha vai com Jeito

Por: Doris Pinheiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui