Programa estimula a integração e desenvolvimento urbano de Camaçari

0
Foto: Dicom/PMC

Promover o acesso a serviços básicos e proporcionar mais qualidade de vida à população. Essa é uma das premissas que norteiam o Programa de Integração e Desenvolvimento Urbano, Social e Ambiental de Camaçari, realizado pela Prefeitura, por intermédio da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), através da Unidade de Gerenciamento do Programa (UGP).

A aplicação da proposta envolve a execução de obras e aquisição de ferramentas tecnológicas. As ações acontecem por meio de um convênio com a Corporação Andina de Fomento (CAF), que é vinculado ao Banco de Desenvolvimento da América Latina, que tem uma forte atuação no estímulo do desenvolvimento sustentável através de crédito, com foco no apoio da estruturação técnica e financeira de projetos nos setores público e privado na América Latina.

As atividades que são desenvolvidas na cidade são divididas em dois componentes. O primeiro está relacionado às obras de integração de mobilidade e qualificação urbana, com investimentos na melhoria de praças e espaços públicos da cidade. Dentro da proposta de mobilidade, atualmente o governo municipal executa projetos de grande relevância, como a duplicação do Viaduto do Trabalhador e o Trevo da Cascalheira, que seguem com obras em ritmo acelerado. Esses dois instrumentos irão impactar diretamente no futuro da cidade, com a implantação de um sistema viário moderno, que oportunizará maior fluidez no trânsito, bem como facilitará o deslocamento da população no município e regiões circunvizinhas.

Paralelo a esses trabalhos, também ocorrem outras benfeitorias na sede e costa do município, com os serviços de pavimentação asfáltica em Concreto Betuminoso a Quente (CBUQ), e melhoramento do sistema drenagem para o escoamento das águas pluviais. A prefeitura segue com diversas frentes de trabalho nas comunidades da Santa Maria, Jaraguá, Parque Real Serra Verde, Machadinho e Parque das Mangabas, além das localidades do Jardim Limoeiro, Sol Nascente e Parafuso, nesses três últimos bairros as intervenções de aplicação da malha asfáltica encontram-se em um estágio de 70% da obra executada.  

Foto: Dicom/PMC

Outros esforços estão sendo empreendidos na construção de estradas vicinais nas localidades da Massaranduba, Santa Maria, Parque Verde I, Las Palmas, Arembepe, Monte Gordo e em outros pontos. Ainda dentro do programa, há oito obras de requalificação de praças em andamento que são: a de Eventos e Campo Nery Nunes (Tudão), em Abrantes; da Matriz de Vilas de Abrantes; do Campo Principal de Barra do Pojuca; da Rua da Glória, na Gleba C; do Papagaio, em Jauá; do Parque das Mangabas; da Rua Bauru, no Novo Horizonte; e da Rua Ipanema, no Verdes Horizontes.

O primeiro núcleo do programa, além das praças, agrega melhorias em espaços públicos com a requalificação de campos de futebol, futevôlei e construção de vestiários; revitalização Horto Florestal, no bairro da Gleba B; restauração e requalificação da Estação Ferroviária, onde funcionará o Museu da Cidade, além de intervenções em oito unidades escolares públicas do ensino fundamental.

O segundo componente do programa refere-se ao desenvolvimento socioeconômico e ambiental, que engloba o fortalecimento do setor educacional; tecnologias e inovações, além da modernização de sistemas de informática para a gestão urbana do município. Esta categoria possui projetos que visam o aprimoramento da rede de educação com a aquisição de equipamentos eletrônicos que auxiliarão no aprendizado, a exemplo de lousas digitais e chromebooks, administrados pela Secretaria da Educação (Seduc) do município. Dela também faz parte o apoio para às micro, pequenas e médias empresas; fortalecimento da cadeia de suprimentos e capacitação de agentes turísticos desenvolvidas por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (Sedec).

ASCOM/PMC

http://www.camacari.ba.gov.br/cadastro/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui