Rosa Weber, ministra do STF, dá 10 dias para que Bolsonaro explique bloqueios a jornalistas em redes sociais

0
Foto: Reprodução

Levantamento da Abraji relatou que o presidente da República bloqueou ao menos 71 contas de jornalistas no Twitter

SÃO PAULO – A ministra Rosa Weber , vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), deu dez para que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) manifeste o porque de ter bloqueado, ao menos, 71 jornalistas em seu Twitter.

O despacho realizado pela ministra foi realizado nesse domingo (01/08/2021), após uma ação impetrada pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) na última quarta-feira (29/07). Segundo a Abraji, desde 2018, 65 jornalistas foram bloqueados pelo presidente da República em seu Twitter, sendo 13 desses bloqueios em 2021.

Na ação, a associação ainda destaca que:

”A conta de Bolsonaro no Twitter é de interesse público, na medida em que se caracteriza como canal de veiculação de atos praticados pelo poder executivo, e a restrição ao acesso é mais dramática quando se refere a jornalistas que têm, no acesso à informação, a principal ferramenta de trabalho”

Segundo o levantamento da Abraji, os bloqueios realizados por Bolsonaro atingiram, além de jornalistas, 6 veículos de comunicação, como ”Aos Fatos” e ”Congresso em Foco”.

A relatora da ação é a ministra Carmem Lúcia, mas será apreciado pela ministra Rosa Weber, presidente interina do STF durante o recesso do tribunal.

Abraji solicita ao STF que impeça o presidente Jair Bolsonaro de bloquear profissionais da imprensa no Twitter. Além disso, requisita à Corte que os perfis atualmente suspensos na página do chefe do Executivo sejam desbloqueados.

Fonte: https://www.abraji.org.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui