Vacinação contra Covid-19 se mantém intensa e organizada nesta quinta (3/6)

0
Foto: Jean Victor

A procura pela vacina contra a Covid-19 pelos públicos-alvos ao longo desta quinta-feira (3/6) foi intensa, mas o atendimento à população se manteve rápido e organizado. O retorno da aplicação da primeira dose foi muito comemorado pelos cidadãos que estão ansiosos para dar início ao seu processo de imunização à doença. A oferta só foi possível graças aos recebimento de novo lote do imunizante AstraZeneca na última quarta-feira (2/6).

A retomada do vacina veio com novidade, a mudança para faixa de 59 anos. “A sensação é de alívio, graças a Deus. Esperei e chegou a minha hora”, disse Francisco de Assis, ao contar que descobriu que chegou a sua faixa de idade através de mensagem no aplicativo WhatsApp e acrescentou, “quando vi, não perdi tempo e vim logo cedo para me vacinar”. Outro cidadão que falou da sua felicidade e gratidão foi Raimundo Costa. “A emoção é grande demais, já agradeci tanto a Deus. Os olhos estão cheios de lágrima”, contou afirmando a sua tranquilidade por ter recebido a vacina e por trazer também o filho para ser imunizado.

Para o professor, Francilis Severo, “o sentimento é de gratidão e de dever cumprido também, porque querendo ou não é um dever nosso nos imunizar para que nós e os outros também estejam em segurança. Agradeço a todos os profissionais de saúde que estão se esforçando, estão trabalhando, dia após dia para garantir cada vez mais saúde para a população”, disse.

Também podem ser imunizados: mulheres que amamentam e estão entre o 2° o 12° mês após parto, e que tenha 18 anos em diante; pessoas com síndrome de Down a partir de 18 anos; com transtornos do espectro autista, com 18 anos acima; da força de segurança e salvamento e forças armadas, com 30 anos acima; trabalhadores da limpeza urbana, a partir de 35 anos; trabalhadores da educação, 18 anos acima; pessoas com transtornos mentais moderados e graves, 18 anos acima; com deficiência e que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), e tenham 18 anos ou mais; com comorbidades, de 18 anos acima; e com deficiência sem BPC, de 50 anos em diante.

Todas as pessoas que forem receber a primeira dose precisam apresentar também o Cartão SUS de Camaçari. As pessoas com comorbidades precisam apresentar original e xérox do relatório ou prescrição médica comprovando a comorbidade.

O subsecretário da Saúde, Luiz Duplat, acompanhou o processo de retomada da primeira dose no município, interrompida no último dia 28 de maio, por conta do término dos imunizantes para esse fim. “Apesar da grande procura, tudo segue de forma tranquila e organizada, conduzimos de forma que a vacinação ocorra de maneira rápida”, pontuou ao lembrar que a aplicação da primeira dose de gestantes e puérperas se manterá suspensa até a chegada de vacinas CoronaVac ou Pfizer.

A diretora do Distrito Sede, Tatiane Pires, pontuou que o município está contemplando nova faixa etária. “Estamos descendo de forma decrescente e escalonada. Iniciando hoje o atendimento da população a partir de 59 anos”, finalizou.

A vacinação, que acontece em todos os pontos das 9h às 16h, ocorre nos seguintes locais:

SEDE – 1ª e 2ª dose
Drive-Thru Espaço Camaçari 2000
Escola Municipal Luís Pereira Costa
Centro de Vacinação Contra a Covid (atrás do antigo Bompreço)

COSTA – 1ª dose (Manhã e tarde)
Centro Educacional Marquês de Abrantes (Vila de Abrantes)
Unidade de Saúde da Família (USF) Fonte das Águas (Arembepe)
USF de Barra do Jacuípe
USF de Barra do Pojuca
Unidade Básica de Saúde (UBS) de Monte Gordo

COSTA – 2ª dose

Manhã
Centro Educacional Marquês de Abrantes (Vila de Abrantes)
Unidade de Saúde da Família (USF) Fonte das Águas (Arembepe)
USF de Barra do Jacuípe
USF de Barra do Pojuca
Unidade Básica de Saúde (UBS) de Monte Gordo

Tarde
Centro Educacional Marquês de Abrantes (Vila de Abrantes)
Unidade de Saúde da Família (USF) Fonte das Águas (Arembepe)

ASCOM/PMC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui